Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘campeão das provincias’

Rui Avelar conta-lhe tudo o e-leitor quer saber sobre o PU da Figueira da Foz. Por este andar o  jornalista ainda vai acabar com o mau cheiro que emana da CMFF.

 

Plano de Urbanização da Figueira da Foz – Reconciliação de Duarte Silva e Coelho isola Lídio Lopes

 

“Os autarcas Duarte Silva e Paulo Pereira Coelho, outrora desavindos, reaproximaram-se graças à proposta de revisão do Plano de Urbanização (PU) da Figueira da Foz, a ponto de remeterem a relativo isolamento o vereador e líder local do PSD, Lídio Lopes, soube o “Campeão”.

Desligado por vontade própria das lides camarárias, desde o início de 2008, o deputado Coelho interveio activamente, há menos de um mês, numa reunião de autarcas social-democratas figueirenses e acenou com protagonismo.

“Tenho conversado com ele (Paulo Pereira Coelho), mas não se trata do meu único interlocutor”, indicou ao nosso Jornal o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz (CMFF), António Duarte Silva, que declinou, por ora, prestar mais declarações.

Quanto ao vereador Pereira Coelho, foi imediatamente impossível contactá-lo.

O presidente e o anterior vice-presidente da CMFF foram constituídos arguidos, em 2008, no âmbito de um inquérito aberto pelo Ministério Público para deslindar suspeitas acerca de práticas urbanísticas no Vale do Galante (onde está a ser erguido um aparthotel  dotado de 600 apartamentos e 160 «suites», piscina, ginásio, sala de conferências, clube de saúde e zona comercial).

Vários autarcas figueirenses eleitos pelo PSD reuniram-se, em meados de Dezembro, três dias antes da data prevista para a edilidade se pronunciar sobre a revisão do PU, sendo que o encontro foi promovido à revelia de Lídio Lopes.

Coelho, destituído por Silva da vice-presidência da autarquia, deixou antever disponibilidade para se empenhar na consumação da alteração do PU, embora se tenha demarcado de alguns aspectos da proposta, e defendeu a conclusão da revisão do Plano Director Municipal.

Apologista de uma via consensual, capaz de assegurar o voto favorável dos vereadores do PS (ou, pelo menos, a abstenção), o ex-vice-presidente da CMFF preconizou, por exemplo, em nome da necessidade de acudir aos depauperados cofres da autarquia, a urbanização do terreno do campo de treinos de futebol da Naval (item que Duarte Silva prometera deixar cair).

Segundo as fontes do “Campeão”, apesar de ter denotado alguma relutância acerca da urbanização de terrenos da empresa Alberto Gaspar, Coelho terá admitido aceitá-la mediante diminuição da densidade de construção.

Um suposto compromisso da época de Pedro Santana Lopes, alegadamente relacionado com as dificuldades por que passou a referida empresa, é apontado, pelas fontes, como a explicação mais plausível para a pressa de Duarte Silva em proceder à revisão do Plano de Urbanização.

Bastante crítico em relação a Lídio Lopes, Coelho terá, contudo, concordado com o correligionário a respeito da eventual implantação de um centro comercial no denominado Parque Urbano (projecto do interesse do empresário Aprígio Santos, presidente da Naval).”

 

Para saber mais pormenores compre o Campeão das Províncias

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Num rigoroso  exclusico Café Ponto de Encontro/O Sexo e a Cidade, apresentamos as novidades do Campeão Avelar. Esperando que amanhã não se esqueçam de comprar o jornal do nosso estimado Lino Vinhal…

A SUBIR  

Carlos Dias – Foi célere a Polícia Judiciária, de que Carlos Dias é coordenador de investigação na área da criminalidade economico-financeira, a abrir uma averiguação preventiva na sequência de afirmações proferidas pelo vereador Pina Prata. O edil aludiu a “incongruências e contradições” alegadamente praticadas na Câmara de Coimbra em matéria de urbanismo e a PJ apressou-se a deslindar os contornos da queixa.

A DESCER

Henrique Fernandes – A implantação em Aveiro da sede da futura Região de Turismo do Centro, anunciada pelo “Campeão há quatro semanas, mostra como é difícil Henrique Fernandes acumular os cargos de governador civil de Coimbra e líder concelhio do PS. Para ser leal ao Governo, cujo secretário de Estado do Turismo é responsável pela escolha de Aveiro, e minimizar a perda sofrida por Coimbra, Fernandes regozijou-se com a provável eleição de um militante do PSD para a presidência da nova RTC.

Read Full Post »

Os nossos queridos diários têm algum Pacto de não agressão com o Lampião das Províncias? Devem ter. Só assim se explica que não tenham dito ai nem ui em relação ao assunto que é manchete no Campeão Avelar…3 dias depois do facto e do acto? É de amigos. Parabéns!

Oi: Esperamos que as más linguas não comecem a dizer que foi Victor Baptista a pedir  para não sair nada. O nobre deputado até se tem queixado que os jornais não gostam dele, por causa do lobie das barracas… Por isso, não comecem com bocas foleiras… Tudo não passou de critérios editoriais…

Read Full Post »

Como o JN esgotado em algumas bancas de Coimbra,  a pedido de várias famílias, eis o essencial da investigação de Nelson Morais sobre Paulo Miraldo, o administrador da EDP, alvo de buscas por causa dos negócios dos AMIGOS DOS CORREIOS.

PM confirmou as buscas da PJ e diz que está “de consciência tranquila”.  O JN refere que  PM “Contrariamente ao que já  lhe sucedeu noutros negócios, não é arguido no dos CTT”. “Miraldo nega qualquer intervenção no negócio”. PM confirma” Sou amigo do Carlos Godinho, há vinte a tal anos, e do Paulo Pereira Coelho”. PM “Frisa que o negócio foi feito em 2003, quando ele era director-geral de relações internacionais da GALP, e que só no ano seguinte iniciou funções no ministério que tutela os CTT, como chefe de gabinete de Mexia, no Governo de Santana Lopes. Mais: Miraldo diz que só em 2004 conheceu o coelga de partido Caros Horta e Costa, ex-presidente dos CTT responsável por negócios que estão sob investigação e também alvo de buscas” O JN recorda que “Na década passada, Miraldo teve outros problemas na Justiça, relacionados com uma empresa de informática de Coimbra (Sistmatic), e foi para Angola. Garante que não fugiu à Justiça e foi para África “em negócios”. Esclarece não ter sido condenado nos casos em que foi arguido.”

Oi: O Negócio da Sistmatic, referido no JN, deu que falar em Coimbra, em meados da década de 90. É uma longa história. Aqui vai uma passinha: PM foi defendido por António Fontes num processo que lhe foi movido por Pedro Cunha Martins (é aquele amigo da CIGAR WORLD), cujo advogado era Rodrigo Santiago. Vamos ali ver o resultado final e já vimos…

O jornal lembra que ” Os primeiros a aparecerem no processo CTT foram os anteriores presidentes das concelhias de Coimbra do PS  e do PSD, Luís Vilar e Marcelo Nuno. Também trabalhavam para a empresa que comprou e vendeu.” O JN conta que “Marcelo terá sido descartado da investigação”. E refere que” Este ano, vieram à baila os nomes de Carlos Godinho, empresário e militante do PSD, e o deputado “laranja” e ex-governate Paulo Pereira Coelho”

Read Full Post »

Paulo Pereira Coelho também teve a honra de ser visitado pela Judite por causa do negócio dos amigos dos correios. Está em todas. Parabéns! O homem é um génio. Querem mais uma prova?  Sempre  atento às suas eventuais necessidades, transformou a  sua joalharia do Gira. solum numa loja de viagens.

Read Full Post »

Older Posts »