Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘ps’

Escolha do candidato à presidência da Câmara Municipal de Coimbra agita concelhia do PS
Henrique Fernandes, governador civil e líder da concelhia do PS, critica “cacofonia” e “ruídos parasitas” que “vêm de dentro do partido”

A escolha do candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Coimbra (CMC) está a agitar as estruturas locais do partido. O líder da comissão política concelhia, Henrique Fernandes, critica mesmo a “cacofonia” que diz existir no PS sobre o assunto. Em várias declarações públicas, dirigentes socialistas têm dado como certa a candidatura à câmara do próprio Henrique Fernandes. Contudo, o líder do PS-Coimbra classifica estas declarações como “ruídos parasitas” e garante que ainda não tomou uma decisão definitiva.

Henrique Fernandes, que é também o governador civil de Coimbra, assume que está a trabalhar na elaboração das listas autárquicas e não “enjeita a possibilidade” de encabeçar a lista do PS. No entanto, revela estar “muito apreensivo” pela forma como “alguns dirigentes locais e membros da comissão política” se estão a “comportar”, dando, “na praça pública”, um “triste espectáculo sobre a vida interna do partido”. E deixa mesmo um aviso: “Se este tipo de comportamentos continuar, e eu entendo que já se passou a fronteira do que é aceitável, então de certeza que o partido terá que encontrar uma solução que não passará seguramente por mim”, afirma.

Após a última reunião da concelhia do PS, na semana passada, alguns membros do partido revelaram que o líder da concelhia tinha sido claramente indigitado como candidato formal do PS, declarações que ele próprio não confirmou. Henrique Fernandes censura mesmo estas “proclamações” feitas “a torto e a direito” e defende que é à “liderança local do partido” que cabe escolher o momento do anúncio do candidato. “O problema que neste momento tenho pela frente não resulta dos muitos independentes que trabalham connosco, resulta, isso sim, de alguns que estão dentro do partido e que se consideram, com vedetismo e tolamente, o centro do mundo no PS. Não o são”, afirma, acrescentando estar “cansado” de “aturar situações como estas”. “Um cansaço que se aproxima do nojo. Não são condições objectivas para se poder trabalhar”, desabafa.

É “em função” do comportamento de alguns elementos do partido que Henrique Fernandes diz que aceitará “ou não” o compromisso de encabeçar a lista do partido à CMC e de enfrentar o actual presidente da autarquia, Carlos Encarnação, o social-democrata que se candidata a um terceiro mandato

O líder do PS Coimbra acrescenta que “há ainda várias hipóteses em aberto” – como uma candidatura independente à câmara – que terão que ser definidas nos próximos quinze dias. “Se não for eu o candidato, não há nada de dramático nisso. Pessoalmente acredito que pode ser alguém independente”, afirma, relembrando que das três eleições autárquicas que o PS ganhou em Coimbra, “duas foram ganhas por independentes, com Judite Mendes de Abreu e com Mendes Silva”.

Henrique Fernandes diz que, se o partido construir uma “orquestra afinada”, então “tem boas condições para vencer as eleições autárquicas”. Por isso, apela às “vozes dissonantes” para que parem com o “terror verbal”. “A todos aqueles que são dirigentes do Partido Socialista, que integram a comissão política concelhia e que têm feito declarações sobre a vida interna do partido, eu diria: ‘Por qué no te callas?’

Desabafos de Henrique Fernandes a André Jegundo. GRANDE ENTREVISTA!

Publicada no PÚBLICO (Local-Porto) desta segunda-feira

Read Full Post »

igc012321O militante do Bloco de Esquerda que foi apanhado pela RTP a tentar cumprimentar o candidato do Partido Socialista ao Parlamento Europeu é bacharel ou licenciado (?) em Bioquímica pela Universidade de Coimbra (2000-2005).

Do seu percurso académico destaca-se uma passagem por Barcelona, onde foi bolseiro do Sócrates. Actualmente, Délio Filipe Fernandes de Figueiredo é pago pela Fundação para a Ciência e Teconologia do Ministério da Educação, Tecnologia e Ensino Superior.  

Exerce a função de  investigador estagiário no Centro de Metabolismo e Endocrinologia do Laboratório de Genética do Instituto Gulbenkian de Ciência, onde estuda  a “evolução molecular”, na equipa do grego Alekos Athanasiadis. Também estagiou(dois anos?)  no Laboratório de Genética da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

A nível partidário pertence ao colectivo Ruptura/FER, uma das alas mais radicais do partido de Louçã. DL alinha regularmente nas actividades do Bloco, costuma marcar presença nas convenções nacionais e participa em várias actividades a nível global.

Nos seus tempos de estudante em Coimbra, deu nas vistas em várias manisfestações de luta contra as proprinas. Reza a lenda que até tentou boicotar uma abertura solene das aulas para saudar o Reitor de forma mais efusiva. Foi presidente do “Núcleo de Bioquímica” e integrou as listas do MUDAAAC, conotado com o BE, à direcção geral da Academia.

Em 2007, o antigo estudante de Coimbra defendia que “A juventude deste país precisa de um BE democrático e combativo. Que dinamize, organize e dirija os combates que urge travar. É portanto necessário um novo rumo. Pelo nosso futuro, queremos no presente um BE de combate. Um BE de luta, em todas as lutas.”   .

Foi o nº 5 da lista liderada pelo professor universitário José Manuel Pureza às Legislativas de 2005, onde no 2º lugar, aparecia  a professora Ana Filomena Amaral (candidata à Câmara Municipal da Lousã), em 3º, o antigo director do Hospital Pediátrico Luís Januário e em 4º , o também médico António Rodrigues. Nessa lista, a nossa musa Marisa Rodrigues, nº 2 ao PE em 2009, ficava atrás do activista do momento.

Esta e outras informações foram recolhidas pelo nosso mordomo. A investigação decorreu no Café Tropical  e no Centro de Estudos Sociais, dois dos locais de eleição dos bloquistas da cidade dos doutores. Se o e-leitor quiser saber porque é que DL queria ter uma conversinha com VM, ligue ao investigador para o 21 446 4527.

OI: O Sexo e a Cidade não tem nada  a dizer a favor ou contra  Délio. Este post é uma manifestação de solidariedade para com o camarada Jerónimo, injustamente acusado pelo candidato Vital.

OI 1: Apenas publicamos os comentários que são contra a publicação do perfil. Aproveitamos para agradecer a todos os que manifestaram apoio à nossa iniciativa.

Read Full Post »

 

edite

Edite Estrela fez questão de levar um retrato de Victor Baptista para o Parlamento Europeu.

Read Full Post »

emilinnha

José Sócrates toca no coração da Directora da Orquestra do Centro?

Read Full Post »

socrates

Sócratianas, Vitalinas ou Canotilhas?

Read Full Post »

as-011

Read Full Post »

À espera dos camaradas Sócrates, Vital e Canotilho no Pavilhão de Portugal em Coimbra     

socras1

Read Full Post »

Older Posts »